Escalabilidade: por que investir no desenvolvimento de novos produtos

8/21/2019 - NegóciosProduto

Existem diversas medidas capazes de promover o crescimento de um negócio: melhorar o gerenciamento de processos, contratar mais pessoal, terceirizar determinadas atividades, entre outras. Apesar de todos esses serem esforços importantes, o que possibilita a ampliação do market share e a atração de novos stakeholders é, principalmente, o potencial de escalabilidade da empresa.

A ideia é que a startup consiga ampliar a sua base de clientes — e, consequentemente, seu faturamento — sem perder a qualidade dos produtos que oferece e seguindo a estratégia de customer centricity a fim de entregar uma melhor experiência para os usuários. Veja a seguir como aprimorar ou desenvolver novos produtos, de modo a obter resultados mais consistentes nesse sentido.

Identificando oportunidades de mercado

No passado, conforme o empreendedor tinha a ideia de um novo produto, colocava essa novidade no mercado e procurava por um público que se interessasse nas vantagens daquele item. Porém, notou-se que o que funciona melhor para ganho de escala é manter o foco primeiramente no consumidor, e, com base nisso, desenvolver e refinar o seu produto.

Trata-se de uma perspectiva diferente, que exige um estudo muito mais aprofundado do mercado e fundamentado em dados concretos, de forma a identificar as melhores oportunidades. Isso envolve observar as dificuldades do seu público-alvo, avaliar se já existem soluções oferecidas por outras empresas e pensar como os produtos existentes poderiam ser aprimorados.

Entendendo as necessidades dos usuários

Depois de identificar oportunidades, é preciso validar que a solução que você está propondo tem aplicação prática para as pessoas. O ideal, aliás, é que elas enxerguem tanto valor no produto ao ponto de se sentirem decididas a pagar para usá-lo com recorrência — um excelente modelo de faturamento, característico de negócios baseados em SaaS.

Aqui, vale conduzir pesquisas de mercado, enquetes e testes de usabilidade para ter indícios de que você está no caminho certo. Além de mostrar que a sua ideia atende às demandas do mercado, essas atividades ajudarão a moldar a experiência de utilização do seu produto, que agrade o maior número possível de usuários.

Pensando nos ciclos de vida dos produtos

Vale lembrar que o processo de desenvolvimento de um novo produto também precisa considerar o seu ciclo de vida. Por maior que seja o seu sucesso, em algum momento os competidores oferecerão algo mais atraente (seja em termos de preço ou de funcionalidades) e isso vai afetar as suas vendas.

Por isso, é fundamental investir em inovação e ter em mente que, por mais revolucionária que seja a solução, sua empresa eventualmente precisará se reinventar.

Veja o exemplo do Airbnb: ganhou escala conectando quem está disposto a alugar sua casa ou apartamento com quem quer um lugar para ficar, e recentemente adquiriu a HotelTonight, empresa que oferece reservas disponíveis de última hora em hotéis.

Seguindo todas essas providências, sua startup já terá ótimas condições de atingir a tão desejada escalabilidade. A contratação de uma empresa especializada no aprimoramento ou desenvolvimento de novos produtos de software pode ser de grande ajuda nesse processo. Assim, além de contar com profissionais mais experientes na área de tecnologia, você terá mais tempo para se dedicar à gestão de desempenho do seu negócio.

Gostou do post? Quer saber como podemos ajudá-lo a construir seu novo produto ou criar melhorias para um que já existe? Entre em contato conosco!

Receba conteúdos sobre inovação digital, novas tecnologias, design e desenvolvimento.

Entre em contato

Telefones

+55 31 99291-5266

+1 650 691-5964

Endereço

R. Paraíba, 330, sala 1006

Belo Horizonte - MG - Brasil