Descubra 7 tendências de desenvolvimento de software para 2020

2/4/2020 - DesenvolvimentoSoftwareTecnologia

O ano de 2020 chegou e pesquisas na área de desenvolvimento vêm mostrando dados surpreendentes e que guiam nossos passos para o futuro.

Pensando na potência dessas principais pesquisas, nós, da nata.house, viemos trazer as maiores tendências de linguagem, frameworks e tecnologias da área de desenvolvimento para 2020.

Para isso, nos baseamos em estudos apresentados pela ThoughtWorks, GitHub e outros grandes nomes da área (fique de olho nos links). Vamos lá?!

Technology Radar – ThoughtWorks

A pesquisa Technology Radar, produzida pela ThoughtWorks – empresa de consultoria global em tecnologia da informação com foco em desenvolvimento ágil de software – é um documento que contém tendências e mudanças relevantes nesse contexto. Ele é produzido por um grupo de tecnologistas experientes que trabalham na empresa, também conhecidos como TAB – ThoughtWorks Technology Advisory Board ou, em português, Conselho Consultivo de Tecnologia da ThoughtWorks.

The State of the Octoverse – GitHub

Outra fonte foi a pesquisa The State of the Octoverse, que traz uma retrospectiva do último ano – 2019 – sobre o cenário de desenvolvimento e tendências. 

Ela foi desenvolvida pelo GitHub, uma plataforma de hospedagem de código-fonte com controle de versão usando o Git. Um sistema que possibilita trabalhos colaborativos  com desenvolvedores do mundo todo. Ele conta com uma comunidade de mais de 40 milhões de pessoas e mais de 2 milhões de empresas usam a plataforma, como Airbnb, Google, Facebook e outras. 

Agora, que já sabemos um pouco mais sobre as bases para esse artigo, vamos para as principais tendências para  2020.

1 – Crescimento do uso de Open Source

O uso de Open Source está crescendo globalmente e o GitHub tem como provar!

Na plataforma, cada projeto de Open Source ou Código Aberto recebeu colaboradores de cerca de 41 países. Além de que a adesão por essa forma de programar está impulsionada nas mais diversas regiões do mundo.

Em um top 5, esses são os percentuais de crescimento do Open Source no mundo apresentados na pesquisa:

  • Nigéria – 59%
  • Irã – 44%
  • Quênia – 44%
  • Indonésia – 42%
  • Grécia – 41%

A própria The State of the Octoverse traz uma das razões para tamanho crescimento: 

O uso de Open Source ajuda a criar softwares de forma mais rápida. Com ele também há o risco de desenvolvedores distribuírem vulnerabilidades de segurança, mas, quando uma vulnerabilidade em potencial é encontrada, há uma forte corrente dos colaboradores trabalhando juntos para resolver os problemas e manter o código seguro.

Se quiser saber mais sobre o assunto, clica neste conteúdo aqui.

2 – Python

Há quem diga que o Python vai engolir o mundo. Você concorda?

É inegável o crescimento da linguagem nesses últimos tempos. Segundo o site TIOBE, o Python se apresenta como a 3° linguagem de programação mais popular, atrás do Java e C.

Já o Stack Overflow diz que, apesar do JavaScript estar há 7 anos em 1° lugar como linguagem mais usada, o Python é a que mais cresce atualmente.

Uma das razões para tal é a redução das barreiras de entrada na programação que ela permite. Também por possuir uma excelente comunidade e ser destaque para cientistas de dados e novos desenvolvedores. 

3 – TensorFlow

TensorFlow é uma biblioteca inovadora de código aberto para computação numérica e machine learning em larga escala. Foi construído para ser:

  • Flexível
  • Eficiente
  • Extensível 
  • Portável

É possível executá-lo em computadores de qualquer natureza e capacidade. 

Seu crescimento é notório quando analisamos as pesquisas de tendências para 2020.

Em The State of the Octoverse ele ganhou como projeto destaque, com dados relevantes. 

Já na Stack Overflow ele aparece com 73% das bibliotecas mais amadas de 2019. 

E na Technology Radar ele se destaca como uma das ferramentas para serem experimentadas ainda este ano.

4 – JavaScript

Segundo a Stack Overflow, o JavaScript se mantém como a linguagem mais usada pelo 7° ano seguido. Enquanto a pesquisa do GitHub aponta que ela se mantém em 1° lugar como a mais popular na plataforma desde 2014.  

Como vemos, essa linguagem já está consolidada no mercado. Desde seu lançamento em 1995 veio passando por transformações e abrindo as portas para que outras tecnologias se desenvolvessem, como o Node.JS e o jQuery. 

O JavaScript possui uma das maiores comunidades existentes. Por ser uma linguagem muito usada, é fácil encontrar conteúdos para te ensinar sobre ela, comunidades para tirar suas dúvidas, mostrar as melhores soluções desenvolvidas e para você colaborar.

Clique nos links abaixo e conheça algumas:

Sem ela e seu ecossistema, dificilmente a web seria como é hoje.

5 – Node.js

O Node.js é um ambiente para execução de códigos JavaScript. Se antes só podíamos executar o JavaScript dentro do navegador, a história muda com o Node.js, onde usá-lo em outros ambientes é totalmente possível.

A capacidade do uso do Node é imensa, desde aplicações na Web, CLI, Chatbots e muito mais. Vale a pena explorá-lo! 

Isso tudo graças ao V8 desenvolvido pelo Google.

Grandes empresas já o implementaram e devido ao seu crescimento é muito válido se aprofundar no assunto. Dê uma olhada nesses conteúdos:

6 – React

React é um framework JavaScript usado para criar interfaces de usuário (UI) e que impactou fortemente o mundo do desenvolvimento. Segundo o 20 Predictions about Software Development trends in 2020, ele

salvou o Facebook na luta contra o extinto Google+. 

Capaz de trazer ideias inovadoras no desenvolvimento do Frontend, desde seu lançamento em 2007 o React já se tornou um dos frameworks JavaScript mais populares. 

Na pesquisa de 2019 da Stack Overflow, ele aparece como a Estrutura de Web mais amada, com 74,5% e em 2° lugar como uma das tecnologias mais populares.

Também é interessante citar que a Technology Radar aponta que experimentar Biblioteca de Testes para React  é uma boa opção em 2020. Segundo a pesquisa, a equipe da ThoughtWork gosta que os testes escritos com esse framework são menos frágeis do que com frameworks alternativos, pois com ele você testa as relações de componentes individualmente, em vez de testar todos os detalhes de implementação.

Ainda no ecossistema do React, a atualização do React Hooks traz novidades vantajosas para os testes de qualidade de códigos. Confira!

Falando em Biblioteca de Testes, sugerimos a leitura deste conteúdo para você se atualizar ainda mais no assunto. 

Nesse ambiente um outro framework se destaca, o Jest.

7 – Jest

Jest é um Framework de Testes em JavaScript já adotado por empresas como Instagram, Twitter, The New York Times e outras. Sua simplicidade e praticidade são destaques. Aproveitamos para falar mais dele aqui.

Neste link você confere a opinião de um desenvolvedor sobre seu uso e neste conteúdo sobre como iniciar seu uso.

2020 chegou cheio de novidades e com muitas inovações, esperamos que com essa leitura você possa aproveitar cada uma delas dentro das necessidades de seu projeto. Lembre-se que pode contar com a gente, basta nos chamar em um de nossos meios de contato:

Receba conteúdos sobre inovação digital, novas tecnologias, design e desenvolvimento.

Entre em contato

Telefones

+55 31 99291-5266

+1 650 691-5964

Endereço

R. Paraíba, 330, sala 1006

Belo Horizonte - MG - Brasil