Critério de aceite vs Definição de pronto

CarreirasDesenvolvimentoGerenciamento de ProjetosNegóciosSoftwareTecnologia

Critério de aceite e definição de pronto, não é tudo a mesma coisa??

Não! Ainda que os nomes sejam semelhantes, o critério de aceite (acceptance criteria) e a definição de pronto (definition of done) possuem conceitos diferentes. 

Para explicá-los, hoje quem assume a autoria do nosso Blog é o André Andrade, Analista de Projetos (PO) aqui na nata.house. 

Vem conferir! 

No geral, a definição de pronto é comum a todo o projeto (esta se torna intrínseca para todas as tarefas) e são definidas no início de um projeto. Já os critérios de aceitação são específicos a cada história de usuário, sendo este definido, normalmente, em uma planning – podendo ser definido antes e estar no backlog. Mas é na planning onde todos alinham esses critérios de aceite. 

Desse modo, todas as tarefas precisam atender as definições de pronto (quando se aplicarem) e cada tarefa específica deve atender os seus critérios de aceite específicos.

Exemplos de definição de pronto:

  • 80% de cobertura de testes em todo o projeto;
  • 100% de code smells;
  • SSDs(documentação de cada incremento) a cada 3 meses;
  • A transição de uma página para outra não levar mais do que 1s;
  • CI/CD build aceito para subir;
  • Code Review em todas as tarefas.

Benefícios da DOD (Definition of done):

  • Alinhamento de expectativas no início do projeto;
  • Clareza no que é esperado;
  • Assegura padrões de qualidade.

Exemplo de Critérios de Aceite:

  • A rota X retorna o balance do usuário;
  • Ao clicar imprimir recibo um recibo é impresso;
  • Ao efetuar uma transação os dados são salvos no banco.

Benefícios Critérios de Aceite:

  • Entendimento do time sobre o que é esperado de uma tarefa;
  • Evita retrabalho;
  • Facilita nos testes do desenvolvedor e do QA;
  • Foco.

Como introduzir na cultura

Conforme dito acima, geralmente, o PO define as Definições de Pronto com o cliente no início de um projeto, para ter um alinhamento de expectativas e as deixam transparentes para todos os membros do time. Ademais, as definições de pronto podem ser revistas regularmente para mantê-las relevantes e atualizadas.

Já em relação aos critérios de aceite, o PO deve defini-los na construção das suas histórias de usuário e fazer o time entendê-los nas plannings. 

Uma boa prática para assegurar que cada tarefa tenha um critério de aceite, é a inserção de um campo específico para isso no seu gerenciador de tarefas, no meu caso o Jira, como mostra o exemplo abaixo:

Exemplo de campo de critério de aceite no Jira.

Como checar se ambos estão sendo seguidos pelo time?

Todo o time tem a responsabilidade de realizar as definições de pronto, como um acordo de cavalheiros. Em relação aos critérios de aceite, o PO só considera e aceita uma tarefa como finalizada se todos os critérios de aceite foram contemplados.

Conclusão

Ambos são opções poderosas para assegurar que você está entregando valor para o seu cliente. Não importa o nome dado, entregar VALOR é sempre o nosso foco.

Inspiração: Age of product; Boost

_____

_____

A nata.house maximiza resultados para clientes ao focar em um conjunto de tecnologias sólidas usadas por grandes empresas (React, NodeJS e o ecossistema ao seu redor). 

Nossos serviços ficam ainda mais eficazes com o acompanhamento, de engenheiros sênior e de um arquiteto especialista, que ajudam a chegar na solução ideal para cada projeto.

Como não somos apenas desenvolvedores, com uma raíz forte em negócios, abraçamos a evolução e inovação constantes nos processos internos em prol da melhora dos serviços. 

É hora da sua equipe de tecnologia partir para o próximo nível e nós podemos ajudar. 

Quer saber mais sobre como a nata.house pode contribuir para o crescimento do seu negócio? Fale com um dos nossos especialistas! 

Receba conteúdos sobre inovação digital, novas tecnologias, design e desenvolvimento.

Entre em contato

Telefones

+55 31 98426-5166

+55 31 4042-1001

Endereço

R. Paraíba, 330, sala 1006

Belo Horizonte - MG - Brasil