Como escolher uma empresa de desenvolvimento de software?

7/16/2019 - CarreiraDesenvolvimentoNegóciosSoftware

A importância que a TI vem ganhando para garantir o sucesso de qualquer negócio é, ao mesmo tempo, um desafio e uma oportunidade para os profissionais na área.

Por um lado, esse novo papel lhe dá a chance de tomar decisões que impactem profundamente em novas estratégias de crescimento e consolidação. Por outro, exigem muito mais cuidado na contratação e implementação de soluções tecnológicas que realmente façam a diferença.

É por isso que contar com uma empresa de desenvolvimento de software se tornou uma tendência em todo o mundo para ajudar setores de TI. Veja neste post tudo o que você precisa saber sobre o assunto — desde por que contratar até como escolher a melhor parceria.

Por que contratar uma empresa de desenvolvimento de software?

A primeira dúvida que deve surgir na sua cabeça é por que a TI atualmente precisa contar com uma parceria em desenvolvimento de software, já que existem tantas soluções prontas, pagas e gratuitas à disposição para uso corporativo.

O que muitos profissionais de tecnologia estão percebendo nos últimos anos é que a customização de soluções e o relacionamento próximo entre TI e desenvolvedora fazem uma diferença significativa nos resultados reais para o negócio.

Essas vantagens ficam bem claras quando analisamos o que você pode ganhar ao apostar nesse tipo de investimento. Veja a lista que preparamos.

Aquisição de soluções personalizadas

Seja qual for a área de atuação de uma empresa, todo o mercado está se movendo junto para a valorização da experiência: experiência do usuário, experiência de compra, experiência de atendimento, etc. É uma busca constante por satisfação e superação de expectativas.

É muito difícil se destacar nessa corrida oferecendo o mesmo que a maioria dos concorrentes ou baseando sua produtividade nas mesmas ferramentas.

É por isso que a customização do desenvolvimento se popularizou tanto nos últimos anos — junto à proliferação de serviços do tipo. TIs buscam soluções que se adaptem ao seu estilo de trabalho e que, por consequência, traduzam melhor as demandas do público-alvo em serviços e produtos mais personalizados.

Atualização constante às demandas do mercado

Falando em demandas, é fácil notar como o mercado se tornou mais volátil nos últimos dez anos. Temos redes sociais e aplicativos que explodem de popularidade e morrem em um ou dois anos; serviços que antes não existiam e que em meses se tornam parte da rotina das pessoas.

A questão que fica é que superar expectativas e oferecer uma experiência incrível aos clientes de uma empresa se tornou em grande parte responsabilidade da TI, que precisa cuidar de muita coisa para acumular também uma visão ampla de futuro de mercado.

Ao contratar uma empresa de desenvolvimento de software, ela fica responsável por pesquisar, testar e implementar novas funcionalidades que atendam a demandas repentinas de mercado.

Isso, claro, quando você escolhe a parceira certa. Uma desenvolvedora preocupada em iterar constantemente sobre seu código coloca qualquer TI na ponta em competitividade.

Terceirização de desenvolvimento e suporte

E se já está difícil lidar com tantas atribuições novas, é ainda mais complicado focar esforços da equipe em tarefas de apoio e suporte.

Contratar uma parceira de desenvolvimento pode garantir o bom funcionamento do sistema e a entrega sem sustos de um serviço ou produto ao cliente, além de reverter com rapidez falhas e crises que possam manchar a imagem da empresa.

Aumento da produtividade e redução de custos

Com soluções tecnológicas personalizadas, suporte garantido e atualizações constantes, o aumento da produtividade é uma consequência natural para quem investe em desenvolvimento de software.

Principalmente quando falamos em ferramentas para gerenciamento e operação internos, a construção de uma aplicação exclusiva garante que ela vai potencializar a rotina da TI e dos outros departamentos.

É como escolher um tênis para correr: quando ele é desenhado para o seu pé, ajustando-se à sua pisada, você consegue correr mais rápido e por mais tempo do que os outros competidores.

Foco estratégico da TI

Terceirizar o desenvolvimento abre espaço para que o diretor de TI assuma de vez sua função estratégica na empresa. Como dissemos, hoje as melhores estratégias de negócio vêm do uso de dados (BI) e da utilização de soluções tecnológicas para encantar o público.

Quando sua equipe não precisa se preocupar com o desenvolvimento propriamente dito, ela pode focar seus esforços em planejamento e implementação. É hora de descobrir a próxima ideia inovadora no mercado e contar com ajuda para realizar a sua visão.

Como funciona a contratação de uma empresa de desenvolvimento de software?

Diretores de TI já se acostumam desde o início de suas carreiras a trabalhar com aquisição de softwares, seja em licenças compradas ou como serviço. Mas não são todos que tiveram a oportunidade de contratar uma empresa de desenvolvimento de software — até porque esse tipo de parceria era bem mais raro e limitado dez anos atrás.

Se esse é o seu caso, vamos listar em termos gerais como funciona esse processo, para que você tenha uma ideia do que será feito e possa se preparar para extrair o máximo desse relacionamento. Veja a seguir as etapas que envolvem a contratação de desenvolvimento e o seu papel em cada uma delas.

Primeiro contato

Vamos falar mais sobre como se aproximar e escolher a empresa certa nos tópicos abaixo, mas queremos reforçar a importância desse primeiro contato antes mesmo de começar o processo de desenvolvimento.

É aqui que você vai conhecer as pessoas que farão parte dessa parceria, entender melhor como pensam, como trabalham e demonstrar o que você espera de resultado durante a vigência do contrato.

Uma conversa objetiva e profunda é interessante nesse começo para colocar todos os envolvidos na mesma página e apontando para o mesmo lado. Só aí é hora de partir para a ação.

Diagnóstico

O primeiro passo de um contrato terceirizado de desenvolvimento é abrir as portas para a empresa parceira e deixar que ela faça um diagnóstico de necessidades e oportunidades de implementação.

É a hora em que os desenvolvedores e gerentes de projeto entendem o que você busca nessa solução, seus objetivos de operação e de negócio e começam a rascunhar quais serão as melhores ideias para atacar os maiores objetivos.

Planejamento

Depois que eles entendem o que você quer, é hora de elaborar como será feito todo esse processo com a criação de um projeto de desenvolvimento.

Nesse plano estarão as funcionalidades a serem desenvolvidas, os pequenos e grandes objetivos, as responsabilidades de cada parte e os prazos para conclusão de cada tarefa.

Um planejamento adequado de desenvolvimento apresenta camadas de metas separadas por tempo. Existe uma grande estrutura desenhada desde essa etapa inicial até a entrega e existem frações semanais que quebram o cronograma em módulos mais objetivos de entrega.

Prototipagem

O ideal na criação de softwares é que seja feito um protótipo do serviço ou produto antes mesmo de começar o desenvolvimento. O objetivo é definir questões de visual, UI, UX, funcionalidades, integração com outras aplicações, inteligibilidade e performance, tudo isso durante a fase de prototipagem.

Assim, os ajustes, conflitos de ideias e a resolução de problemas encontrados são resolvidos antes que ambas as partes comprometam tempo e esforços no código final. Essa é a hora de discordar, discutir, ponderar e definir — tudo isso contando, inclusive, com feedbacks do seu próprio público.

Desenvolvimento

Protótipo pronto, é hora de partir para o desenvolvimento propriamente dito. A empresa contratada deverá seguir o que foi definido como software ideal e escrever seu código em cima dessa referência, sempre se comunicando com a TI para garantir que nada saia do rumo.

Inclusive, é comum que versões Alpha e Beta sejam disponibilizadas durante o processo para que você tenha certeza de que suas ideias estão sendo realizadas da forma como você visionou.

Publicação e suporte

Quando o software amadurece o suficiente, é hora de partir para a publicação. O modo como isso acontece vai depender da finalidade daquela solução, do público e do prazo de implementação.

É comum, por exemplo, que empresas publiquem um novo software de forma limitada para os clientes, para buscar falhas que passaram batidas em um número menor de usuários.

Se a solução for para produtividade interna, também pode ser delimitada a um ou dois departamentos e, só então, com sua funcionalidade garantida, publicada para todos os usuários.

De qualquer forma, as boas desenvolvedoras não terminam seu trabalho na publicação. O suporte é muito importante para garantir que a solução seja potencializada e efetiva por mais tempo. Ou seja, a ideia é tratar uma parceria como essa como um relacionamento duradouro e não pontual.

O que é preciso considerar na escolha da empresa de desenvolvimento de software?

E se você pretende contar com uma empresa parceira por muito tempo, é necessário escolher muito bem para não ter dor de cabeça no futuro. É muito difícil falar em uma escolha ideal. A melhor empresa nem sempre é a mais barata, a mais cara, a maior.

Tudo depende da sua filosofia de trabalho, do seu objetivo com o software e como as opções do mercado se encaixam nisso. Para que você comece a pesquisar com mais foco em empresas que podem contribuir bastante com o seu sucesso, existem alguns pontos que facilitam esse trabalho.

Defina o orçamento disponível

Esse primeiro ponto é óbvio, mas precisa ser sempre reforçado: você precisa trabalhar com o que tem. Definir o seu orçamento para desenvolvimento de software ajuda não só a escolher a melhor empresa dentro dessa limitação, como garante recursos para todo o relacionamento de criação e suporte do software.

Inclusive, é importante separar despesas e investimentos dentro da TI para maximizar o dinheiro à disposição. Dessa forma, não é preciso realocar recursos no meio de um projeto e comprometer alguma área específica da sua gestão.

Defina as dores que a solução deve atacar

Qual é o seu objetivo com esse futuro software? Você quer melhorar a produtividade no uso do sistema da empresa? Quer entregar um novo aplicativo para os clientes? Quer oferecer um novo serviço? Gerenciar melhor a nuvem?

Definir seu objetivo e seu escopo é um passo importante para escolher a melhor empresa de desenvolvimento: uma que se encaixe nos seus valores, tenha expertise no tipo de software que você precisa e que saiba trabalhar com o perfil de usuário final da sua solução.

Determine o melhor modelo de serviço e entrega

Outra coisa importante de ter em mente na hora de escolher a melhor parceria é como você pretende adquirir e manter esse software a longo prazo.

Desenvolvedoras podem trabalhar seguindo modelos diferentes: entrega contínua, pacote fechado, SaaS, suporte ativo etc. São muitas variáveis que podem influenciar no custo da solução e em como ela será implementada.

Pesquise as empresas que se encaixam melhor nesses requisitos

A importância de definir anteriormente esse modelo e seus objetivos com a solução é pegar todos esses itens acima e transformá-los em filtros na sua pesquisa.

Como dissemos, a melhor parceria para a sua empresa vai ser aquela que ofereça um bom serviço, que não estoure seu orçamento, que entregue uma solução de fato e que forneça apoio e suporte como você espera.

Adequar a sua escolha às suas expectativas é o ponto-chave do sucesso nessa contratação. Ou seja, é tudo questão de o quanto você consegue enxergar do mercado, do seu sistema e da tecnologia que pode conectar as duas coisas.

Converse sobre tecnologia, mas também sobre negócios

Um ponto ficou faltando nessa busca. A melhor desenvolvedora de software para a sua empresa não pode ser apenas a mais adequada tecnicamente, ela precisa compartilhar a sua visão de mercado.

Se o gestor de TI hoje faz parte do core do negócio, se a tecnologia é parte das novas estratégias de mercado, a sua parceira precisa também estar preocupada com essas características.

Então, quando conseguir afunilar suas opções para o desenvolvimento, tente conversar com elas não apenas sobre prazos, técnicas, linguagens e preço.

Converse sobre como ela enxerga a inovação tecnológica como forma de consolidação em um negócio. Converse sobre disrupção e sobre surpreender o público utilizando a experiência em softwares como ponto de partida. Esse drive pode ser muito mais importante do que a capacidade de escrever um bom código.

Quais são as características de uma empresa de desenvolvimento de software confiável?

Seguindo as recomendações do último tópico, fica bem mais fácil delimitar suas opções na hora de escolher a empresa perfeita para o desenvolvimento do seu software.

Mas podemos expandir ainda mais essa discussão, pensando nas características, estilo de trabalho e pensamento de mercado que determinam o que é uma boa parceria e o que é um bom investimento em tecnologia. Veja a seguir o que você deve buscar nessas empresas.

Cultura de inovação

Antes de falar das características práticas, podemos conversar um pouco sobre o que significa a cultura da inovação e por que ela é tão importante para seus parceiros tecnológicos.

Ter um pensamento inovador é buscar sempre aprimorar seus métodos e ferramentas de trabalho, tanto na iteração constante quanto no planejamento para implementar novas tecnologias.

Se a empresa demonstra esse comprometimento desde o início, fica mais fácil confiar na disposição deles para encontrar soluções inovadoras e ideias disruptivas que tornem o seu software único.

As grandes desenvolvedoras nesse mercado são aquelas que não pensam no seu trabalho como apenas uma entrega sob contrato, mas uma oportunidade para que os dois parceiros cresçam juntos.

Transparência e comunicação

Continuando com essa ideia de colaboração e participação mútua, uma desenvolvedora confiável investe em métodos para criar um canal aberto com seus clientes.

Para confiar seu sistema e seu produto a uma empresa terceirizada, ela tem que oferecer transparência total em todo o processo — oferecendo relatórios frequentes de progresso e, principalmente, estando aberta a feedbacks.

Apoio estratégico

A transformação digital tornou soluções tecnológicas em estratégias de negócio, por isso mesmo não dá para desenvolver um software sem pensar em suas implicações de mercado.

Como dissemos lá no início, para acertar nessa escolha você precisa de um objetivo claro de retorno esperado pela aplicação. Quando a empresa escolhida ajuda desde o início, você tem muito mais segurança para tornar sua visão realidade.

Cumprimento de prazos

Mas é claro que não adianta nada visão de negócio, comunicação aberta e pensamento inovador se a empresa não cumpre os prazos determinados.

É sempre fundamental buscar referências e opiniões de outros clientes sobre as opções que você está considerando. Método de trabalho, comprometimento e cumprimento de prazos devem ser as primeiras perguntas nessa investigação.

Qualidade de entrega

Da mesma forma, nada adianta seguir todas essas características se o produto final é insuficiente para atender às necessidades da sua TI e do negócio como um todo.

Uma boa ideia é buscar softwares desenvolvidos pela empresa que sejam acessíveis pelo público. Avalie performance, usabilidade, experiência, polimento e apenas contrate aquela que alcançar o seu nível de exigência.

Quais são os cuidados necessários ao realizar a contratação da empresa de software?

Por último, podemos ajudar um pouco mais nessa sua pesquisa alertando para questões importantes que exigem atenção por parte dos gestores de TI. São questões muito relacionadas ao acompanhamento do processo de desenvolvimento e a sua capacidade de identificar problemas pelo caminho para evitar surpresas. Saiba um pouco mais sobre elas a seguir.

Preste muita atenção no contrato

Essa é uma dica que vale para qualquer serviço prestado. Até os contratos mais simples podem esconder brechas para abuso de termos ou dobrar regras como prazos e preços que atrapalhem o trabalho da sua TI no futuro — ou deixem sua equipe na mão.

Se for possível, peça avaliação de um advogado para se certificar de que tudo será feito como combinado e que os termos negociados são justos para ambas as partes.

Tenha termos de SLA bem definidos

Dentro de um contrato de desenvolvimento, a definição do SLA é talvez a que mais vá impactar na eficiência e no sucesso dessa parceria ao longo do tempo.

O documento é importante não só para definir quem tem a responsabilidade do quê, mas para servir de parâmetro para o seu acompanhamento ao longo do processo.

Acompanhe todo o processo de perto

Sim, é muito importante falar sobre isso: um gestor de TI que quer excelência da sua equipe e de seus parceiros não pode deixar de cobrar pelo que foi combinado. Se possível, você pode até criar meios de acompanhar essa evolução do desenvolvimento, como utilizando sistemas de gerenciamento de times.

Cobre prazos, peça explicações sobre alterações e entenda como o processo está correndo. É esse cuidado que fará a diferença no polimento e na qualidade do seu software.

Busque um suporte de qualidade

Não existe software pronto, sempre há o que melhorar, o que acompanhar e o que corrigir. Por isso, contratar o desenvolvimento de um software para depois não ter suporte para ele é meio que desperdiçar parte do seu investimento.

Só assine com uma empresa que ofereça suporte adequado às suas aspirações. O ideal é um monitoramento ativo de funcionamento e eficiência, mas qualquer tipo de ajuda — seja um número para ligar quando estiver com problemas — já lhe dá mais segurança para assinar o contrato.

Não deixe de fazer a sua parte na parceria

Não dá para terminar sem a sua parte nessa equação. Para que a empresa parceira entregue o mais próximo do que você espera, é preciso conversar bastante, ouvir o que esses profissionais têm a dizer e ceder quando alguma ideia parece inviável.

Também é seu papel demonstrar com clareza seus objetivos e abrir um pouco da sua infraestrutura para que a desenvolvedora tenha ideia de como o software deverá interagir com o sistema da empresa. Um contrato é um acordo, portanto, cumpra os seus compromissos.

Afinal, é como dissemos: contratar uma empresa de desenvolvimento de software é uma parceria, em que os dois lados contribuem para o crescimento mútuo. Agora que você sabe como escolher a melhor opção, é hora de começar a pesquisar!

Que tal então começar por nós? Entre em contato e conheça a nata.house! Somos uma fábrica de software especializada em sistemas web e apps multiplataforma, tanto para a melhoria de processos internos quanto para a criação de produtos incríveis que vão encantar seus clientes.

Receba conteúdos sobre inovação digital, novas tecnologias, design e desenvolvimento.

Entre em contato

Telefones

+55 31 99291-5266

+1 650 691-5964

Endereço

R. Paraíba, 330, sala 1006

Belo Horizonte - MG - Brasil